Top blogs de receitas
Chef Ratatui é o blog que vem ultrapassar barreiras geográficas... apesar de ser um espaço virtual pretende-se que se sinta ao meu lado a confeccionar as melhores receitas de culinária... simplesmente a Receita para o Bem-Estar!
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
subscrever feeds
tags

todas as tags

31
Out
14

Physalis

From Wikipedia, the free encyclopedia
 
 
For the software framework, see Physalis (software).
"Ground cherry" redirects here. For the European shrub also called "ground cherry", see Prunus fruticosa.
Physalis
Starr 061225-2955 Physalis peruviana.jpg
cape gooseberry (Physalis peruviana) leaves and fruit
Scientific classification
Kingdom: Plantae
(unranked): Angiosperms
(unranked): Eudicots
(unranked): Asterids
Order: Solanales
Family: Solanaceae
Subfamily: Solanoideae
Tribe: Physaleae
Subtribe: Physalinae
Genus: Physalis
L.[1]
Species

About 75-90, see text

Synonyms

Alkekengi Mill.
Herschellia Bowdich ex Rchb.
Pentaphitrum Rchb.[1]

Physalis (/ˈfsəlɪs/, sometimes /fˈslɪs/)[2] is a genus of flowering plants in the nightshade family (Solanaceae), which grow in warmtemperate and subtropical regions of the world. Most of the species, of which there may be 75-90, are indigenous to the New World with one notable exception (P. alkekengi). Cultivated species and weedy annuals have been introduced worldwide. A notable feature is the formation of a large papery husk derived from the calyx, which partly or fully encloses the fruit,.[3] The fruit is small and orange, similar in size, shape and structure to a small tomato.

At least 46 species are endemic to the country of Mexico.[4]

Many Physalis species are called groundcherries.[5] One name for Physalis peruviana is Cape gooseberry, not to be confused with the true gooseberries, which are of the genus Ribes in the family Grossulariaceae. Another name used to refer to the fruit is simply golden berries.[6]

 

 

Description[edit]

Physalis are herbaceous plants growing to 0.4 to 3 m tall, similar to the common tomato, a plant of the same family, but usually with a stiffer, more upright stem. They can be either annual or perennial. Most require full sun and fairly warm to hot temperatures. Some species are sensitive to frost, but others, such as the Chinese lantern, P. alkekengi, tolerate severe cold when dormant in winter.

Cultivation and uses[edit]

 
Physalis sp. fruit with husk

These plants grow in most soil types and do very well in poor soils and in pots. They require moisture until fruiting. Plants are susceptible to many of the common tomato diseases and pests, and other pests such as aphids, whiteflies, spider mites, and the false potato beetle (Leptinotarsa juncta) also attack them. Propagation is by seed. Some species are self-incompatible and requirepollen from other plants to bear fruit.

Not all Physalis species bear edible fruit. Select species are cultivated for their edible fruit, however; the typical Physalis fruit is similar to a firm tomato in texture, and like strawberries or pineapple in flavor, with a mild acidity. Some species, such as the Cape gooseberry and tomatillo have been bred into many cultivars with varying flavors, from tart to sweet to savory. Physalis fruit are rich in cryptoxanthin.The fruit can be used like the tomato. Once extracted from its husk, it can be eaten raw and used in salads. Some varieties are added to desserts, used as flavoring, made into fruit preserves, or dried and used like raisins. They contain pectin and can be used in pie filling.

The Cape gooseberry is native to the Americas, but is common in many subtropical areas. Its use in South Africa near the Cape of Good Hope inspired its common name. Other species of commercial importance include the tomatillo (P. philadelphica). Some nations, such as Colombia, have a significant economic trade in Physalis fruit.

Some species are grown as ornamental plants. For example, the hardy Physalis alkekengi is popular for its large, bright orange to red husks.

In Chinese medicine, Physalis species are used as remedies for such conditions as abscesses, coughs, fevers, and sore throat.[7] Smooth groundcherry (P. subglabrata) is classified as a hallucinogenic plant, and its cultivation for other than ornamental purposes is outlawed in the US state of Louisiana under State Act 159.

The extinct Dacian language has left few traces, but in De Materia Medica by Pedanius Dioscorides, a plant called Strychnos alikakabos (Στρύχνος άλικακάβος) is discussed, which was called kykolis (or cycolis) by the Dacians. Some have considered this plant to be Physalis alkekengi, but the name more likely refers to ashwagandha (Withania somnifera).[8]

Diversity[edit]

 
yellow nightshade groundcherry(Physalis crassifolia)

As of 2005, about 75 to 90 species were in the genus.[3]

Species include:[5][9]

 
strawberry groundcherry (Physalis pruinosa)

Formerly placed here[edit]

References[edit]

  1. ^ Jump up to:a b "Genus: Physalis L.". Germplasm Resources Information Network. United States Department of Agriculture. 2009-09-01. Retrieved 2010-04-14.
  2. Jump up^ Oxford English Dictionary online, http://dictionary.oed.com/cgi/entry/50178256
  3. ^ Jump up to:a b Whitson, M. and P. S. Manos. (2005). Untangling Physalis (Solanaceae) from the physaloids: a two-gene phylogeny of the Physalinae. Systematic Botany 30(1), 216-30.
  4. ^ Jump up to:a b c Vargas, O., et al. (2001). Two new species of Physalis (Solanaceae) endemic to Jalisco, Mexico. Brittonia 53(4), 505-10.
  5. ^ Jump up to:a b "Physalis". Integrated Taxonomic Information System. Retrieved 2011-05-21.
  6. Jump up^ Doctor, Vikram (4 March 2013). "Golden berry: Decoding the acid freshness and wild sweet taste of physalis". The Economic Times. Retrieved 6 Sep 2014.
  7. Jump up^ Duke, J. A.; Ayensu, E. S (1985). Reference Publications, Inc., ed. Medicinal Plants of China. ISBN 0-917256-20-4. Retrieved 2009-05-15.
  8. Jump up^ Berendes, J. (ed.) Arzneimittellehre in fünf Büchern des Pedanios Dioskurides aus Anazarbos. Stuttgart. 1902. 405-08.
  9. ^ Jump up to:a b c "GRIN Species Records of Physalis". Germplasm Resources Information Network. United States Department of Agriculture. Retrieved 2011-05-21.

External links[edit]

publicado por Chef Michael Rocha às 22:51
20
Out
14

Bruschetta doce de requeijão e frutos vermelhos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Faz 6

INGREDIENTES

2 chávenas de uma mistura de morangos, mirtilios e framboesas
1 colher de chá de raspa de laranja
60ml (1/4 chávena) de sumo de laranja natural
2 colheres de sopa de acer, mel, açúcar de coco ou açúcar amarelo
6 fatias de brioche, pão integral ou o que mais gostar
250g de requeijão de Seia ou ricotta
2 colheres de sopa de folhas de hortelã

 

RECEITA

Coloque os morangos, framboesas, mirtilios, raspa, sumo e metade do adoçante numa tigela. Misture bem. Deixe ficar por 10 minutos, para marinar.
Aqueça uma grelha em lume alto. Torre ambos os lados do pão ate ficar dourado. Barre 1 lado de cada fatia com o requeijão de Seia ou ricotta.
Cubra com a mistura de frutos vermelhos. Regue ou polvilhe com o restante adoçante e decore com a hortelã.

 

Bom apetite!!!

 

publicado por Chef Michael Rocha às 22:23
03
Set
14

Frango no forno com molho de laranja

Frango no forno com molho de laranja

 

Serve 4

INGREDIENTES

2 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de manteiga sem sal
4 pernas de frango, com pele (ou peito)
1 cebola, picada
8 fatias de bacon, cortadas aos pedaços
40g de farinha sem fermento
300ml de caldo de galinha
sumo de 2 laranjas
200g de ervilhas congeladas
¼ chavena de hortelã, picada

 

RECEITA

Aqueça o forno a 200º.
Aqueça o azeite e manteiga numa frigideira grande em lume médio. Adicione o frango, pele virada para baixo, e cozinhe por 2 minutos ou até dourado. Transfira para um tabuleiro de ir ao forno (pele virada para cima) e asse por 15 minutos.
Entretanto, volte a aqueçer a frigideira, adicione a cebola e cozinhe por 1 minuto. Adicione o bacon e cozinhe até a cebola ficar dourada e o bacon estaladiço. Junte a farinha e cozinhe, mexendo, por 1 minuto. Junte o caldo e sumo de laranja e cozinhe, mexendo, por 2 minutos até engrossar. Tempere a gosto com sal e pimenta.

Adicione as ervilhas e aqueça por mais 1 minuto, junte a salsa e incorpore. Volte a colocar o frango na frigideria e envolva com o molho.

 

Escolha um prato bem giro ou então um branco grande. Depois de empratar o frango e o acompanhamento salpique os rebordos do prato com salsa fresca bem picadinha ou se não tiver tempo use salsa seca...

 

Algo bem simples e a pensar na minha amiga Vanessa Martins...

 

Bom apetite!!!

publicado por Chef Michael Rocha às 22:56
12
Ago
14

Com este calor até apetece!

 

Granizado tropical com hortelã e gengibre

 

Para 6 a 8 pessoas

INGREDIENTES

1 ananás descascado e arranjado

2 laranjas, descascadas e cortadas em pedaços

1 chávena de polpa de maracujá fresco

1 pedaço de 2cm (ou a gosto) de gengibre

4 a 10 folhas de hortelã (a gosto)

 

RECEITA

Coloque toda a fruta, gengibre e hortelã num robot e bata até obter uma mistura homogénea. Prove, se necessitar adoce a gosto com mel ou xarope de acer.

Deite o preparado para dentro de um caixa de plástico grande e pouco funda. Tape e congele. Retire do frigorífico cada 1 a 2 horas e passe com um garfo, de maneira a desfazer o gelo. Faça isto pelo menos 3 vezes.

Para servir, use um garfo para raspar a superfície de maneira a soltar o gelo e ficar um granizado. Sirva.

 

Havendo sempre a possibilidade de juntar uns calices, de algo mais Calorico! hehehehe!

 

Bom apetite!!!

publicado por Chef Michael Rocha às 22:34
11
Jul
14

Barras de aveia recheadas com gelado

 

Estamos no pico dos morangos, há que aproveitar! E nada melhor do que acrescentar mais morangos ao gelado de morango e suspiros e complementar com o sabor e textura de barras de aveia. Tudo em forma de bolo gelado. Ideal para o verão.

 

Tempo Útil : 20 minutos

Fácil

Tempo Congelação : 3 horas

 

INGREDIENTES

4 chávenas de flocos de aveia

1/3 chávena de açúcar amarelo

½ chávena de farinha sem fermento ou miolo de amêndoa

6 colheres de sopa de manteiga fria

1 embalagem de gelado Strawberry Merengue Carte D´Or ou outro ao seu gosto

250g de morangos fatiados

 

RECEITAS

Aqueça o forno a 180º. Forre um tabuleiro rectangular de ir ao forno com papel vegetal, reserve.

Comece por fazer as barras, coloque a aveia, açúcar, farinha e manteiga num robot. Bata até obter migalhas finas. Vire a mistura para a forma preparada e espalhe bem na base da forma com as pontas dos dedos (ou parte de trás de uma colher). Leve ao forno por 10 a 15 minutos ou até começar a ficar dourada. Retire do forno e deixe arrefecer por completo.

Retire o gelado do congelador para amolecer. Enquanto isso forre uma forma quadrada pequena com papel vegetal. Misture o gelado amolecido com os morangos. Reserve.

Corte o preparado de aveia ao meio. Cuidadosamente coloque uma das metades na forma preparada. Cubra com a mistura de gelado, nivele. Cubra com a outra metade do preparado de aveia. Coloque no congelador por 3 horas ou até endurecer. Para servir corte em quadrados ou fatias e sirva.

 

 

Barras de aveia recheadas com gelado

 

 

Bom apetite!!!

publicado por Chef Michael Rocha às 18:34
11
Jun
14

 

Hoje fui ao mercado logo pela manhã e vi imensos cogumelos... Aqui fica uma receita bem fresca de noodles com um molho asiático.


Serve 4

1 embalagem de de noodles soba (ou os que gostar)
um fio de azeite (ou óleo de coco)
1 dente de alho, esmagado
2 mãos cheias de cogumelos variados
2 mãos cheias de espinafres bebé
Sementes de sésamo, torradas para servir
MOLHO
2 colheres de sopa de molho de soja
1 colher de sopa de vinagre de arroz
1 colher de sopa de mel ou açúcar amarelo
1 colher de chá de gengibre ralado
1 alho ralado 
raspa e sumo de 1 lima
1 colher de sopa de óleo de sésamo torrado

Comece por fazer o molho, coloque o molho de soja, vinagre de arroz, mel , gengibre, alho, lima e óleo de sésamo numa tigela e misture, reserve. 
Cozinhe os noodles soba de acordo com as instruções na embalagem. Escorra e mantenha quente.
Aqueça o azeite ou óleo num wok ou frigideira grande em lume alto. Adicione o alho e cozinhe por 1 minuto. Adicione os cogumelos e cozinhe por 3 minutos. Junte os espinafres e o molho preparado. Cozinhe por 1 minuto ou ate as folhas de espinafre começarem a murchar. Sirva com noodles e polvilhe com sementes de sésamo.
Foto: Hoje fui ao mercado logo pela manhã e vi imensos cogumelos... Aqui fica uma receita bem fresca de noodles com um molho asiático.Noodles com Cogumelos salteados e espinafres bebéServe 41 embalagem de de noodles soba (ou os que gostar)um fio de azeite (ou óleo de coco)1 dente de alho, esmagado2 mãos cheias de cogumelos variados2 mãos cheias de espinafres bebéSementes de sésamo, torradas para servirMOLHO2 colheres de sopa de molho de soja1 colher de sopa de vinagre de arroz1 colher de sopa de mel ou açúcar amarelo1 colher de chá de gengibre ralado1 alho raladoraspa e sumo de 1 lima1 colher de sopa de óleo de sésamo torradoComece por fazer o molho, coloque o molho de soja, vinagre de arroz, mel , gengibre, alho, lima e óleo de sésamo numa tigela e misture, reserve. Cozinhe os noodles soba de acordo com as instruções na embalagem. Escorra e mantenha quente.Aqueça o azeite ou óleo num wok  ou frigideira grande em lume alto. Adicione o alho e cozinhe por 1 minuto. Adicione os cogumelos e cozinhe por 3 minutos. Junte os espinafres e o molho preparado. Cozinhe por 1 minuto ou ate as folhas de espinafre começarem a murchar. Sirva com noodles e polvilhe com sementes de sésamo.
Bom apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 21:24
19
Mai
14

Serve 6


2 kg camarão tigre cru (descascado, com cauda)
2 limas (raspa e sumo)
2 colheres de sopa de coentros (picados)
2 dentes de alho (bem picados)
2 colheres de sopa de azeite

Maionese de gengibre e manga:
1 manga (descascada, sem caroço e finamente picada)
1 colher de sopa de gengibre 
fresco (ralado fino)
1 colher de chá de raspa de lima
1 colher de sopa de sumo de lima
2 gemas de ovo
1 colher de chá de mostarda em pó
1 chávena óleo vegetal

1. Misture os camarões, o sumo e a raspa de lima, os coentros, o alho e o azeite numa tigela. Tape com papel aderente e guarde no frigorífico por uma hora para marinar.
2. Entretanto faça a maionese: coloque a manga, o gengibre, o sumo e a raspa de lima, as gemas de ovo e a mostarda em pó num processador de alimentos e bata até obter uma mistura cremosa e homogénea.
Sem o desligar, adicione o óleo lentamente, num fio constante, até a maionese ficar espessa e clara. Prove e tempere com sal e pimenta.
3. Aqueça uma grelha a temperatura alta. Adicione os camarões e cozinhe, virando-os ocasionalmente, por cinco a sete minutos ou até começarem a enrolar e a mudar de cor. Transfira-os para uma travessa e sirva com a maionese.
Foto: Camarões grelhadoscom maionese de gengibre e mangaBOM DIA!Serve 62 kg camarão tigre cru(descascado, com cauda)2 limas (raspa e sumo)2 colheres de sopa de coentros(picados)2 dentes de alho (bem picados)2 colheres de sopa de azeiteMaionese de gengibre e manga:1 manga (descascada, semcaroço e finamente picada)1 colher de sopa de gengibrefresco (ralado fino)1 colher de chá de raspa de lima1 colher de sopa de sumo de lima2 gemas de ovo1 colher de chá de mostarda em pó1 chávena óleo vegetal1. Misture os camarões, o sumo e a raspa de lima,os coentros, o alho e o azeite numa tigela. Tape compapel aderente e guarde no frigorífico por uma hora paramarinar.2. Entretanto faça a maionese: coloque a manga,o gengibre, o sumo e a raspa de lima, as gemas de ovoe a mostarda em pó num processador de alimentose bata até obter uma mistura cremosa e homogénea.Sem o desligar, adicione o óleo lentamente, num fioconstante, até a maionese ficar espessa e clara. Provee tempere com sal e pimenta.3. Aqueça uma grelha a temperatura alta. Adicioneos camarões e cozinhe, virando-os ocasionalmente,por cinco a sete minutos ou até começarem a enrolare a mudar de cor. Transfira-os para uma travessa e sirvacom a maionese.
Bom apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 23:02
11
Mai
14

 

Perna de borrego assada no forno com uma crosta de pistácios e batatas assadas no forno..2 receitas numa 
Se não apreciarem borrego (sei bem de quem falo) usem lombo de porco ou peito de peru..só o tempo de forno varia.

Perna de borrego com crosta de pistácio
Serve 8

4 dentes de alho esmagados
2 colheres de sopa de raspa fina de limão
1 chávena de pistácios descascados, picados (ou amêndoas)
1/3 chávena de salsa picada
1/3 chávena de hortelã picada
1kg 300 perna de borrego
1/3 chavena de azeite

Aqueça o forno a 180º. Numa tigela misture o alho, raspa de limão, pistachios, salsa, hortelã, sal e pimenta a gosto. Unte o borrego com metade do azeite. Tempere com sal e pimenta. Pressione a mistura de pistácios por cima da perna de maneira a criar uma camada/crosta. Regue com o restante azeite. Leve ao forno e asse por volta de 1hr ou até estar cozinhado a gosto, se a crosta começar a queimar tape com papel de aluminio. Sirva acompanada do gartinado de batata.

Batatas gratinadas no forno
Serve 8

1 colher de sopa de manteiga
200ml de leite
300ml de natas frescas
2 folhas de louro
2 dentes de alho, fatias finas
uma pitada de noz moscada (opcional)
2kg de batatas, descascadas, fatias finas
¼ chavena de tomilho
¼ chavena de parmesão
¼ chavena de gruyere

Aqueça o forno a 200º. Unte um prato de ir ao forno (30cm 6cm profundidade) com manteiga.

Aqueça o leite, natas, louro, noz moscada (se utilizar) e alho. Quando começar a levantar fervura, baixe o lume e deixe borbulhar por 1 minuto. Retire do lume e tempere com sal e pimenta.

Adicione as batatas e quase todo o tomilho. Misture bem. Disponha a mistura no prato de ir ao forno preparado. Polvilhe com os queijos. Tape com papel de aluminio e leve ao forno por 40 minutos ou ate as batatas estarem cozinhadas. 

Retire o papel de aluminio e deixe cozinhe por mais 10 minutos ou ate as batatas ficarem douradas. Polvilhe com as folhas de tomilho reservadas e sirva.
Foto: Perna de borrego assada no forno com uma crosta de pistácios e batatas assadas no forno..2 receitas numa ;)Se não apreciarem borrego usem lombo de porco ou peito de peru..só o tempo de forno varia.Perna de borrego com crosta de pistácioServe 84 dentes de alho esmagados2 colheres de sopa de raspa fina de limão1 chávena de pistácios descascados, picados (ou amêndoas)1/3 chávena de salsa picada1/3 chávena de hortelã picada1kg 300 perna de borrego1/3 chavena de azeiteAqueça o forno a 180º.  Numa tigela misture o alho, raspa de limão, pistachios, salsa, hortelã, sal e pimenta a gosto. Unte o borrego com metade do azeite. Tempere com sal e pimenta. Pressione a mistura de pistácios por cima da perna de maneira a criar uma camada/crosta. Regue com o restante azeite. Leve ao forno e asse por volta de 1hr ou até estar cozinhado a gosto, se a crosta começar a queimar tape com papel de aluminio. Sirva acompanada do gartinado de batata.Batatas gratinadas no fornoServe 81 colher de sopa de manteiga200ml de leite300ml de natas frescas2 folhas de louro2 dentes de alho, fatias finasuma pitada de noz moscada (opcional)2kg de batatas, descascadas, fatias finas¼ chavena de tomilho¼ chavena de parmesão¼ chavena de gruyereAqueça o forno a 200º. Unte um prato de ir ao forno (30cm 6cm profundidade) com manteiga.Aqueça o leite, natas, louro, noz moscada (se utilizar) e alho. Quando começar a levantar fervura, baixe o lume e deixe borbulhar por 1 minuto. Retire do lume e tempere com sal e pimenta.Adicione as batatas e quase todo o tomilho. Misture bem. Disponha a mistura no prato de ir ao forno preparado. Polvilhe com os queijos. Tape com papel de aluminio e leve ao forno por 40 minutos ou ate as batatas estarem cozinhadas. Retire o papel de aluminio e deixe cozinhe por mais 10 minutos ou ate as batatas ficarem douradas. Polvilhe com as folhas de tomilho reservadas e sirva.
Bom apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 21:57
30
Abr
14

 

 

Quem não adora uma salada de cenoura... com este calor! Muito saudável e com um sabor delicioso. Pode servir como prato principal ou acompanhamento. Se desejar adicione grão ou tofu. Perfeita para levar na "marmita". Quem não gostar destes vegetais, podem bem usar protéína animal

Serve 2

2 chávenas de cenouras cortadas em palitos fino (ou ralada) 
1 maça cortada em palitos finos
1/4 chávena de sultanas 
2 a 4 colheres de sopa de tahini (pasta de sementes de sésamo)
2 colheres de sopa de vinagre de arroz ou cidra
1 colher de sopa de sumo de laranja
1 colher de sopa de azeite 
1 colher de chá de caril em pó
1 colher de sopa de xarope de agave, mel ou açúcar amarelo
1/4 chávena de sementes de sésamo ou pevides abóbora, girassol, etc..
2 colheres de sopa de hortelã picada

Misture as cenouras, maça e sultanas numa tigela grande. Num jarro pequeno misture o tahini, vinagre, sumo de laranja, azeite, caril, agave. Se estiver uma mistura muito espessa adicione um pouco de água ou azeite para diluir. 

Regue por cima da mistura de cenoura. Prove e ajuste o tempero com sal e pimenta. Junte as sementes e hortelã. Guarde no frigorifico ate servir.

Dica: Junte cubos de tofu e gengibre : saltei o tofu em azeite previamente marinado com gengibre em pó, sumo de limão, xarope acer (maple) molho de soja.
Foto: Eu adoro esta salada de cenoura... Muito saudável e com um sabor delicioso. Pode servir como prato principal ou acompanhamento. Se desejar adicione grão ou tofu. Perfeita para levar na "marmita" :)Salada cenoura com caril e tahiniserve 22 chávenas de cenouras cortadas em palitos fino (ou ralada) 1 maça cortada em palitos finos1/4 chávena de sultanas  2 a 4 colheres de sopa de tahini (pasta de sementes de sésamo)2 colheres de sopa de vinagre de arroz ou cidra1 colher de sopa de sumo de laranja1 colher de sopa de azeite 1 colher de chá de caril em pó1 colher de sopa de xarope de agave, mel ou açúcar amarelo1/4 chávena de sementes de sésamo ou pevides abóbora, girassol, etc..2 colheres de sopa de hortelã picadaMisture as cenouras, maça e sultanas numa tigela grande. Num jarro pequeno misture o tahini, vinagre, sumo de laranja, azeite, caril, agave. Se estiver uma mistura muito espessa adicione um pouco de água ou azeite para diluir. Regue por cima da mistura de cenoura. Prove e ajuste o tempero com sal e pimenta. Junte as sementes e hortelã. Guarde no frigorifico ate servir.Dica: Junte cubos de tofu e gengibre : saltei o tofu em azeite previamente marinado com gengibre em pó, sumo de limão, xarope acer (maple) molho de soja.
Bom apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 18:31
26
Abr
14

 

Amanhã será um bom dia para um lanche...
Será Domingo, após 25 de Abril, vai estar um dia lindo (mesmo que chova muito) e estamos na Primavera...

Serve 6

8 folhas de chá da minha horta (camomila) ou 3 colheres de sopa de folhas de chá à vossa escolha
1 chávena de água a ferver
100g de manteiga sem sal, temp ambiente
3 ovos
1 e 1/2 chávenas de açúcar amarelo
100g de chocolate, derretido com 1 colher de sopa de manteiga 
2 chávenas de farinha sem fermento
1 colher de chá de bicarbonato de sódio
1 colher de chá de fermento em pó
uma pitada de sal fino
1 embalagem de iogurte grego natural

Dica: Parece muito chá, mas só se vai sentir o sabor se for esta quantidade...
Pode usar qualquer outro tipo de chá que goste e ache que fique bem com chocolate.

Aqueça o forno a 180 °. 
Unte uma forma com manteiga e polvilhe com cacau em pó. Reserve.

Coloque as saquetas de chá na agua fervida. Deixe criar infusão por 3 a 5 minutos. Retire os sacos e reserve até necessitar.

Use uma batedeira, para bater a manteiga e o açúcar até obter uma mistura fofa e cremosa. Adicione os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição. Junte o chocolate derretido com a manteiga a temperatura ambiente. Junte a farinha, o bicarbonato, o fermento em pó, sal, iogurte e infusão de chá. Bata até estar tudo incorporado (não bata em demaisiado senão o bolo fica duro). Deite a massa na forma preparada. 

Leve ao forno por 50 minutos ou até que um palito inserido no bolo sai somente com algumas migalhas coladas. Retire do forno e deixe arrefecer por 5 minutos.

Desenforme e deixe arrefecer por completo antes de colocar a cobertura.. 

Cobertura (opcional):

Derreta 2 colheres de sopa de manteiga sem sal e 100g de chocolate. Retire do lume e junte 200 a 300g de açúcar em pó. Pegue em 3 sacos usados do chá e esprema bem para sair o liquido que ficou. Misture. Se continuar muito espesso adicione umas gotas de leite. Se vir que a cobertura não está brilhante é porque o açúcar em pó não derreteu completamente, volte a levar ao lume por mais uns segundos, mexendo sempre até derreter.
.
Foto: Hoje é um bom dia para um lanche :)É Domingo, está um dia lindo e estamos na Primavera <3 Bolo de Chocolate e Cháserve 68 saquetas de chá Earl Grey ou 3 colheres de sopa de folhas de chá 1 chávena de água a ferver100g de manteiga sem sal, temp ambiente3 ovos1 e 1/2 chávenas de açúcar amarelo100g de chocolate, derretido com 1 colher de sopa de manteiga 2 chávenas de farinha sem fermento1 colher de chá de bicarbonato de sódio1 colher de chá de fermento em póuma pitada de sal fino1 embalagem de iogurte grego naturalDica: Parece muito chá, mas só se vai sentir o sabor se for esta quantidade...Pode usar qualquer outro tipo de chá que goste e ache que fique bem com chocolate.Aqueça o forno a 180 °. Unte uma forma com manteiga e polvilhe com cacau em pó. Reserve.Coloque as saquetas de chá na agua fervida. Deixe criar infusão por 3 a 5 minutos. Retire os sacos e reserve até necessitar.Use uma batedeira, para bater a manteiga e o açúcar até obter uma mistura fofa e cremosa. Adicione os ovos, um de cada vez, batendo bem entre cada adição. Junte o chocolate derretido com a manteiga a temperatura ambiente. Junte a farinha, o bicarbonato, o fermento em pó, sal, iogurte e infusão de chá. Bata até estar tudo incorporado (não bata em demaisiado Senão o bolo fica duro). Deite a massa na forma preparada. Leve ao forno por 50 minutos ou até que um palito inserido no bolo sai somente com algumas migalhas coladas. Retire do forno e deixe arrefecer por 5 minutos.Desenforme e deixe arrefecer por completo antes de colocar a cobertura.. Cobertura (opcional):Derreta 2 colheres de sopa de manteiga sem sal e 100g de chocolate. Retire do lume e junte 200 a 300g de açúcar em pó. Pegue em 3 sacos usados do chá e esprema bem para sair o liquido que ficou. Misture. Se continuar muito espesso adicione umas gotas de leite. Se vir que a cobertura não está brilhante é porque o açúcar em pó não derreteu completamente, volte a levar ao lume por mais uns segundos, mexendo sempre até derreter.
Bom Apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 21:19

| B iografia |

 

Julgo que é mais importante mencionar alguns factos importantes como surgiu este gosto pela cozinha, onde tem origem esta vontade de “ser alguém” no mundo da cozinha?

Comecei a cozinhar muito cedo com a ausência da minha mãe. Não quero mentir, não sou muito bom em datas, mas com sete ou oito anos já cozinhava alguma coisa e com 10 anos cozinhava a sério e com 15 anos já era um cozinheiro por necessidade.

Quando comecei a trabalhar nesta área, aliás, quiseram-me na Cozinha por mero acaso, o Cozinheiro para uma festa de Fim de Ano de uma Empresa de Eventos, despediu-se a ultima hora e quem acham que foram buscar. É mesmo, como eu digo na “hora certa no local certo”. Tentei durante estes anos todos ser cada vez melhor e aperfeiçoar-me. Tinha uma vocação natural, é o que me diziam, um dos meus grandes segredos do empenho e do suposto sucesso que tenho tido é nunca me ter desviado deste caminho de ser já um cozinheiro chefe como ter um Dom para tal e ponto final.

| V   isitantes |

cozinheiro(s) online
últ. comentários
Uii! São mesmo deliciosos! Thanks!
Adoro estes petiscos!
Olá Susana, é sempre bom receber noticias tuas. Ob...
Ficou uma maravilha!
Olá Susana,Obrigado pela sua opinião e volte sempr...
Uma excelente ideia, a de usar os cookies na base....
Olá Susana,Ficaram deliciosos, mesmo! Faz-me lembr...
Ficaram tão gulosos...Bjs, Susanahttp://tertuliada...
Olá Susana,Uiii! Se é! Depois da-me o teu feedback...
Deve ser uma delicia, adorei.Bjs, Susanahttp://ter...