Top blogs de receitas
Chef Ratatui é o blog que vem ultrapassar barreiras geográficas... apesar de ser um espaço virtual pretende-se que se sinta ao meu lado a confeccionar as melhores receitas de culinária... simplesmente a Receita para o Bem-Estar!
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

Posts mais comentados
11
Abr
10

 

Para quem gosta, cozinhar é uma delícia e uma actividade altamente relaxante. Eu pelo menos sou assim, para mim não tem mau humor que resista a uma comidinha caseira, saborosa e perfumada feita por mim (risos, nada modesto!).

O facto é que cozinhar e comer em casa pode ser divertido e saudável, e para as crianças tem muito mais! Elas podem aprender muito na cozinha.

Aos pais que não gostam de cozinhar eu sugiro fazer um pequeno esforço de vez em quando. Escolham opções simples de fácil preparo, mas não deixem passar esta oportunidade de ouro para ter óptimos momentos ao lado dos seus filhos.

Para quem trabalha fora e prefere aproveitar o fim-de-semana em parques, cinemas, praia, clubes, etc., PERFEITO! Mesmo assim poderíamos fazer um churrasco delicioso.

Mas quem sabe um fim-de-semana chuvoso ou frio não possa ser uma óptima oportunidade para uma actividade nova, divertida e extremamente educativa.

Já fiz muitos manjares (pelo menos assim me parecia), mas também houve experiências falhadas: Panelas de arroz para deitar pró lixo, bolos estorricados. Mas nada que se não aprenda, o meu segredo é muita paciência e dedicação!

  1. Aprender a cozinhar auxilia as crianças a ganharem noções de nutrição e alimentação saudável. Se eles crescem com fast food e indecências ao alcance das mãos, há uma grande chance de se tornarem crianças obesas e cheias de problemas decorrentes da obesidade. Ensinar as crianças a cozinhar faz com que elas venham a escolher, instintivamente, alimentos mais saudáveis para o resto da vida.
  2. Aumenta a auto-estima. Se o seu filho precisa de um estímulo para aumentar sua auto-estima ou auto-confiança (e todo mundo precisa um pouco!), cozinhar pode fazer isso. Eles ganham uma tarefa pela qual são responsáveis, sentem-se importantes por isso e contribuem para o bom andamento da casa.
  3. Cria momentos familiares de muita intimidade. Reserve algum tempo para cozinhar com seus filhos e eles com certeza terão agradáveis lembranças para sempre, e um dia, passarão estes hábitos aos filhos deles. Pode ser que a refeição demore mais para ficar pronta ou que a cozinha fique muito desarrumada, mas momentos como esses não têm preço! Tolerância com a bagunça, um dia eles aprendem, connosco a ser mais organizados!
  4. As crianças ficam mais inclinadas a provar aquilo que prepararam. Pode ser que o entusiasmo de preparar eles próprios alguma receita os faça provar ingredientes antes recusados. Aproveite para introduzir sempre ingredientes saudáveis nesta brincadeira!
  5. A cada novidade que você apresentar para seu filho, estude antes o que vocês podem aprender juntos com isso.
  6. Que óptima maneira de aprender a se desenrascar sozinhos! Aprender a cozinhar sozinho é especialmente útil em momentos que eles se encontrem sozinhos (os mais velhos) e não precisarão apelar para salgadinhos ou fast foods para matar a fome.
  7. Eles contribuem com a família e a casa e aprendem a importância do termo “ajudar”.
  8. Eles trabalham juntos com os pais e/ou irmãos, como uma equipe. E trabalhar em equipa pode ser uma óptima aprendizagem para o futuro, inclusive o futuro profissional.
  9. Cozinhar ensina a planejar e fazer escolhas. Planeia-se o cardápio (ementa), e o que é necessário para prepará-lo, escolhem-se ingredientes e opções para o que eventualmente não estiver disponível na época, ou fazemos algo apenas com ingrediente da época, etc.
  10. Estimula a criatividade e imaginação. Você já parou para pensar sobre tudo o que pode sair de uma cozinha? Os pratos mais incríveis, nos formatos mais diferentes, formas de apresentação artísticas e apetitosas. Deixe a imaginação e criatividade do seu filho correr solta, e a sua também. Afinal, não é assim que fazem os grandes chefs?

Bom apetite!

publicado por Chef Michael Rocha às 11:38
17
Dez
09

 

Olá amigos,

 

O post de hoje é mais vocacionado para as nossas crianças e os cuidados a ter na cozinha:

 

Cuidados
 
Queres aprender a cozinhar, vais adorar as nossas dicas. Vê alguns cuidados que deves ter antes de começares a preparar o teu lanche!
 
Todas as receitas devem ser preparadas com a ajuda de um adulto. Ele vai ajudar a mexer com os utensílios mais perigosos, como as facas e outros objectos cortantes.
O fogão é o electrodoméstico mais perigoso da cozinha. O adulto sempre precisará estar por perto na hora de preparar as receitas no forno ou com fogo. Por mais que seja divertido fazer comida, a organização é muito importante para que nenhum acidente aconteça.
 
Utensílios
 
Algumas dicas são importantes na hora de preparar uma receita. Um avental é recomendado para que a roupa não fique suja se pingar algum molho ou ingrediente que possa manchá-la. Para as meninas que tem cabelos compridos, eles devem ser muito bem presos para que não caíam na comida. Ou então as meninas e meninos podem usar um boné ou chapéu.
 
Medidas
 
É difícil entender o significado de uma colher de sopa ou uma chávena de chá para quem está começando a conhecer a cozinha. Mas a explicação é simples. Existem três medidas de colheres: café, chá e sopa. Nessa ordem, elas são a pequena, a média e a grande.
 
Os nomes são usados de acordo com a quantidade de ingrediente que a receita pede. Por exemplo, se for preciso só um pouquinho de açúcar, a colher utilizada será a de café, que é a menor. Se precisar ficar mais doce, a colher média é a de chá e, caso a receita necessite de muito doce, a receita pedirá colher de sopa, que é a maior de todas. Cada receita terá a indicação correcta, como "2 colheres de chá de farinha".
 
Com as chávenas acontece a mesma coisa, mas só existem dois tamanhos: café e chá. A chávena de café é a menor e a de chá é a maior.
sinto-me:
publicado por Chef Michael Rocha às 11:23
08
Dez
09

Um Tema que me preocupa constantemente e que já é considerada uma doença do Século XXI, tão propalada no publicismo Mundial com um nome extremamente aflautado "Obesidade" (tecnicamente, do grego pimele = gordura e ose processo mórbido) é uma doença na qual a reserva natural de gordura aumenta até o ponto em que passa a estar associada a certos problemas de saúde ou ao aumento da taxa de mortalidade.

 

Algo estranho mas é fácil perceber que as crianças com mais dificuldades financeiras são aquelas que têm uma melhor alimentação: os pais não têm dinheiro, "felizmente", para levá-los com frequência aos estabelecimentos de "comida rápida" e como tal, têm de cozinhar diariamente. Se isto é um facto, eu gostaria de propor alguma receita básicas e aceito sugestões e comentários construtivos para podermos ensinar as nossas crianças (Homens do Futuro) como seria útil leccionar na própria escola do seu filho, como confeccionar uma refeição completa, anti-obesa e saudável. O refeitório já existe na maioria das nossas escolas, vamos combinar, vamos provar que sabemos lutar com ferramentas e armas bem verdes, vermelhas, amarelas e todas as cores da nossa roda de alimentos.

publicado por Chef Michael Rocha às 14:26

| B iografia |

 

Julgo que é mais importante mencionar alguns factos importantes como surgiu este gosto pela cozinha, onde tem origem esta vontade de “ser alguém” no mundo da cozinha?

Comecei a cozinhar muito cedo com a ausência da minha mãe. Não quero mentir, não sou muito bom em datas, mas com sete ou oito anos já cozinhava alguma coisa e com 10 anos cozinhava a sério e com 15 anos já era um cozinheiro por necessidade.

Quando comecei a trabalhar nesta área, aliás, quiseram-me na Cozinha por mero acaso, o Cozinheiro para uma festa de Fim de Ano de uma Empresa de Eventos, despediu-se a ultima hora e quem acham que foram buscar. É mesmo, como eu digo na “hora certa no local certo”. Tentei durante estes anos todos ser cada vez melhor e aperfeiçoar-me. Tinha uma vocação natural, é o que me diziam, um dos meus grandes segredos do empenho e do suposto sucesso que tenho tido é nunca me ter desviado deste caminho de ser já um cozinheiro chefe como ter um Dom para tal e ponto final.

| V   isitantes |

cozinheiro(s) online
últ. comentários
Uii! São mesmo deliciosos! Thanks!
Adoro estes petiscos!
Olá Susana, é sempre bom receber noticias tuas. Ob...
Ficou uma maravilha!
Olá Susana,Obrigado pela sua opinião e volte sempr...
Uma excelente ideia, a de usar os cookies na base....
Olá Susana,Ficaram deliciosos, mesmo! Faz-me lembr...
Ficaram tão gulosos...Bjs, Susanahttp://tertuliada...
Olá Susana,Uiii! Se é! Depois da-me o teu feedback...
Deve ser uma delicia, adorei.Bjs, Susanahttp://ter...