Top blogs de receitas
Chef Ratatui é o blog que vem ultrapassar barreiras geográficas... apesar de ser um espaço virtual pretende-se que se sinta ao meu lado a confeccionar as melhores receitas de culinária... simplesmente a Receita para o Bem-Estar!
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
29
30
31
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

tags

todas as tags

04
Dez
13

 

Hortaliça

Baixos em calorias e ricos em substâncias reguladoras e protectoras, aos produtos hortícolas reconhece-se o valor de promoverem e manterem a saúde. As hortaliças de folha verde, por exemplo, são ricas em magnésio.

 

 

Citrinos

Para além da vitamina C, os frutos cítricos como a laranja, a tangerina e o limão são ricos em antioxidantes que ajudam a reforçar as defesas e a combater a deterioração celular. Refrescantes, vitamínicos e protectores, os citrinos são os melhores aliados da alimentação, em particular no Inverno e nas mudanças de estação, quando o sistema imunitário está mais vulnerável ao ataque dos vírus respiratórios.

 

 

Arroz

O arroz, o couscous, o trigo búlgaro e a massa formam a essência de vida da culinária mediterrânica. O arroz de grão curto é o favorito na Itália para risottos e na Espanha para paellas. O arroz de grão longo é utilizado na Grécia e Turquia. Couscous é um dos principais ingredientes nas cozinhas de Marrocos e da Tunísia. O arroz é recomendado na prevenção do cancro do pulmão por ser rico em selénio.

 

 

Azeitonas

Integradas numa alimentação nutricional, as azeitonas são ricas em água e fibras, que ajudam a manter o organismo hidratado. O consumo de azeitona tem muitos benefícios, sobretudo devido aos seus ácidos gordos mono-insaturados, que ajudam a reduzir o “mau” colesterol (LDL) e manter o “bom” (HDL). As azeitonas são encontradas em muitas variedades de sabores, texturas e aromas.

 

 

Fruta

Tradicionalmente, a sobremesa da dieta mediterrânica é composta por frutas, servidas cruas, cozidas ou preparadas de maneira simples. São exemplo os pêssegos descascados, fatiados e regados com vinho tinto e polvilhados com um pouco de açúcar; os morangos com uma pitada de vinagre balsâmico e polvilhados com açúcar em pó ou as frutas secas cozidas juntas numa deliciosa compota quente. Na hora de comprar, a maça costuma estar entre a fruta preferida dos portugueses.

 

 

Aliaceas

Os alhos e as cebolas contêm ácido gárlico, um composto que reforça o sistema imunitário e que ajuda o corpo a eliminar as substâncias cancerígenas.

 

 

Feijões e lentilhas

Lentilhas, feijões, favas e grão-de-bico são algumas das variedades mais populares. As lentilhas são fáceis e rápidas de preparar e são a base de muitas sopas, cozidos e saladas. São ricos em fibra.

 

 

Vinho

O consumo moderado de vinho desempenha um papel importante neste padrão alimentar. O vinho, à refeição, é um alimento com valor nutritivo e com uma qualidade à vista, ao olfacto e ao gosto que deve impor respeito e veneração. Trata-se de um produto equilibrado, aperfeiçoado ao longo de séculos. Este ingrediente da dieta mediterrânica tem efeitos benéficos sobretudo no que toca à circulação sanguínea.

 

 

Leite

O leite e os produtos derivados, como queijo ou iogurtes, são muito comuns. Versátil e completo, o leite é a base da dieta alimentar desde o nascimento. É uma fonte rica de minerais, proteínas e vitaminas, deve ser consumido ao longo de toda a vida. Há, porém, pessoas que sofrem de intolerância ou alergia à lactose.

 

 

Tomate

A mistura de hortaliças natural ou cozinhada é muito típica na cozinha mediterrânica. A salada verde da Grécia (hortaliças frescas com pepinos, cebolas e queijo feta) e vagens com tomates e azeite de oliva é um acompanhamento popular um pouco por toda a Europa do Sul. A composição do tomate, em particular, é rica em agentes antioxidantes, o que promove o decréscimo de radicais livres no sangue que, em elevadas quantidades, são prejudiciais para a saúde.

 

Azeite

Pedra fundamental da cozinha mediterrânica, o azeite de oliva extra virgem é da mais alta qualidade e muito saboroso, enquanto o azeite de oliva "puro" tem um sabor mais genérico, com múltiplas propostas. Ambos devem ser incluídos na rotina alimentar, pela gordura saudável e no contexto de uma alimentação variada, equilibrada e completa.

 

Peixe

A carne não tem um papel significativo na típica cozinha mediterrânica. É utilizada tipicamente como um ingrediente. O peixe e os frutos do mar são abundantes e preparados de maneira simples (cozidos a vapor, assados ou grelhados).

 

Bom apetite!!!

publicado por Chef Michael Rocha às 20:10

| B iografia |

 

Julgo que é mais importante mencionar alguns factos importantes como surgiu este gosto pela cozinha, onde tem origem esta vontade de “ser alguém” no mundo da cozinha?

Comecei a cozinhar muito cedo com a ausência da minha mãe. Não quero mentir, não sou muito bom em datas, mas com sete ou oito anos já cozinhava alguma coisa e com 10 anos cozinhava a sério e com 15 anos já era um cozinheiro por necessidade.

Quando comecei a trabalhar nesta área, aliás, quiseram-me na Cozinha por mero acaso, o Cozinheiro para uma festa de Fim de Ano de uma Empresa de Eventos, despediu-se a ultima hora e quem acham que foram buscar. É mesmo, como eu digo na “hora certa no local certo”. Tentei durante estes anos todos ser cada vez melhor e aperfeiçoar-me. Tinha uma vocação natural, é o que me diziam, um dos meus grandes segredos do empenho e do suposto sucesso que tenho tido é nunca me ter desviado deste caminho de ser já um cozinheiro chefe como ter um Dom para tal e ponto final.

| V   isitantes |

cozinheiro(s) online
últ. comentários
Uii! São mesmo deliciosos! Thanks!
Adoro estes petiscos!
Olá Susana, é sempre bom receber noticias tuas. Ob...
Ficou uma maravilha!
Olá Susana,Obrigado pela sua opinião e volte sempr...
Uma excelente ideia, a de usar os cookies na base....
Olá Susana,Ficaram deliciosos, mesmo! Faz-me lembr...
Ficaram tão gulosos...Bjs, Susanahttp://tertuliada...
Olá Susana,Uiii! Se é! Depois da-me o teu feedback...
Deve ser uma delicia, adorei.Bjs, Susanahttp://ter...