Top blogs de receitas
Chef Ratatui é o blog que vem ultrapassar barreiras geográficas... apesar de ser um espaço virtual pretende-se que se sinta ao meu lado a confeccionar as melhores receitas de culinária... simplesmente a Receita para o Bem-Estar!
Abril 2014
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
14
15
17
18
19
20
21
22
24
25
27
28
29
tags

todas as tags

01
Abr
14

 

Tartes de Iogurte e Framboesas (ou a fruta que mais gostar)

Faz 6

2 mãos cheias de nozes, amêndoas ou pecans torradas
1/2 colher de chá de canela em pó
1/2 colher de chá de gengibre em pó
1/2 colher de chá de cardamomo em pó
1/2 chávena de açúcar amarelo ou de coco
12 folhas de massa filo
80g de manteiga sem sal, derretida
1 chávena de iogurte grego natural
1 chávena de quark ou crème fraiche ou mais iogurte natural (coado)
250g de framboesas ou a fruta que mais gostar (fica bem com mirtilios, kiwi, romãs, banana, etc..)
mel ou xarope de acer, para servir

Aqueça o forno a 180º. Unte 6 formas (12cm base) pequenas com manteiga. Reserve.

Coloque as nozes, espeçiarias e açúcar num robot e bata ate obter migalhas finas.

Coloque 1 folha de massa filo numa superficie de trabalho (cubra as restantes com um pano de cozinha húmido). Pincele com um pouco da manteiga derretida e polvilhe com 2 colheres de chá da mistura de noz. Cubra essa folha com outra folha de massa filo e repita o processo de pincelar com manteiga e polvilhar com as nozes. Dobre ao meio de maneira a formar um quadrado, corte pontas se necessitar. Pincele com manteiga e forre uma forma. Pincele com mais manteiga. Cubra com um pano humido enquanto repete o processo para as restantes tartes. Coloque num tabuleiro de ir ao forno e asse por 10 minutos ou até ficarem estaladiças e douradas. Retire do forno e deixe arrefecer.

Vire as tartes para pratos. Misture o iogurte com o quark. Recheie as tartes com essa mistura. Decore com as framboesas ou fruta que mais gostar. Sirva polvilhado com o mel.
Foto: Para mim Domingos são dias passados em família com direito a lanche e muita conversa.Deixo-vos esta receita quem sabe para o vosso lanche ou sobremesa <3Tartes de iogurte e framboesas (ou a fruta que mais gostar)Faz 62 mãos cheias de nozes, amêndoas ou pecans torradas1/2 colher de chá de canela em pó1/2 colher de chá de gengibre em pó1/2 colher de chá de cardamomo em pó1/2 chávena de açúcar amarelo ou de coco12 folhas de massa filo80g de manteiga sem sal, derretida1 chávena de iogurte grego natural1 chávena de quark ou crème fraiche ou mais iogurte natural (coado)250g de framboesas ou a fruta que mais gostar (fica bem com mirtilios, kiwi, romãs, banana, etc..)mel ou xarope de acer, para servirAqueça o forno a 180º. Unte 6 formas (12cm base) pequenas com manteiga. Reserve.Coloque as nozes, espeçiarias e açúcar num robot e bata ate obter migalhas finas.Coloque 1 folha de massa filo numa superficie de trabalho (cubra as restantes com um pano de cozinha húmido). Pincele com um pouco da manteiga derretida e polvilhe com 2 colheres de chá da mistura de noz. Cubra essa folha com outra folha de massa filo e repita o processo de pincelar com manteiga e polvilhar com as nozes. Dobre ao meio de maneira a formar um quadrado, corte pontas se necessitar. Pincele com manteiga e forre uma forma. Pincele com mais manteiga. Cubra com um pano humido enquanto repete o processo para as restantes tartes. Coloque num tabuleiro de ir ao forno e asse por 10 minutos ou até ficarem estaladiças e douradas. Retire do forno e deixe arrefecer.Vire as tartes para pratos. Misture o iogurte com o quark. Recheie as tartes com essa mistura. Decore com as framboesas ou fruta que mais gostar. Sirva polvilhado com o  mel.
Bom apetite!!!
publicado por Chef Michael Rocha às 00:17

| B iografia |

 

Julgo que é mais importante mencionar alguns factos importantes como surgiu este gosto pela cozinha, onde tem origem esta vontade de “ser alguém” no mundo da cozinha?

Comecei a cozinhar muito cedo com a ausência da minha mãe. Não quero mentir, não sou muito bom em datas, mas com sete ou oito anos já cozinhava alguma coisa e com 10 anos cozinhava a sério e com 15 anos já era um cozinheiro por necessidade.

Quando comecei a trabalhar nesta área, aliás, quiseram-me na Cozinha por mero acaso, o Cozinheiro para uma festa de Fim de Ano de uma Empresa de Eventos, despediu-se a ultima hora e quem acham que foram buscar. É mesmo, como eu digo na “hora certa no local certo”. Tentei durante estes anos todos ser cada vez melhor e aperfeiçoar-me. Tinha uma vocação natural, é o que me diziam, um dos meus grandes segredos do empenho e do suposto sucesso que tenho tido é nunca me ter desviado deste caminho de ser já um cozinheiro chefe como ter um Dom para tal e ponto final.

| V   isitantes |

cozinheiro(s) online
últ. comentários
Uii! São mesmo deliciosos! Thanks!
Adoro estes petiscos!
Olá Susana, é sempre bom receber noticias tuas. Ob...
Ficou uma maravilha!
Olá Susana,Obrigado pela sua opinião e volte sempr...
Uma excelente ideia, a de usar os cookies na base....
Olá Susana,Ficaram deliciosos, mesmo! Faz-me lembr...
Ficaram tão gulosos...Bjs, Susanahttp://tertuliada...
Olá Susana,Uiii! Se é! Depois da-me o teu feedback...
Deve ser uma delicia, adorei.Bjs, Susanahttp://ter...